DAEE autoriza captação de água e permite funcionamento do Rio das Pedras

O DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) concedeu outorga para captação de água no Córrego das Pedras. "O clube corria o risco de fechar as portas." - relata o diretor João Andrade. Segundo ele, o órgão estadual vinha notificando o clube há seis anos.

A lacração das bombas em lugares sem outorga é imediata. O foco da fiscalização do DAEE é a retirada ilegal de água de rios, córregos e nascentes. Para o diretor Benedito Prado, só foi nesta gestão que foram iniciadas as regularizações. Foram instalados três hidrômetros no clube para medir o consumo. 

O próximo passo, segundo Andrade, é a construção de taludes e o alargamento do canal para seis metros.

A fiscalização
O foco da fiscalização do DAEE é a retirada ilegal de água de rios, córregos e nascentes. Equipes com apoio da Polícia Ambiental fiscalizam a região. A fiscalização está sendo estendida para toda a Bacia Hidrográfica do Baixo Pardo / Grande. Segundo o DAEE, "qualquer gota que seja economizada, reflete no alívio do abastecimento de água para a população."